09 março 2016

Tag: 13 Perguntas Pessoais


Hoje temos mais uma tag. Tags são ótimas para quando a gente tem aquele bloqueio criativo. Essa aqui foi indicada pela Bianca do Blog Bluebell Bee, mas que eu já vi circulando por vários blogs por aí. Então vamos lá:

01. O que costuma pedir no Starbucks?

Sou aquela pessoa hipster que nunca pôs os pés num Starbucks na vida. 

02. Qual item do armário você não consegue viver sem?

Eu amo vestidos.

03. Uma coisa que provavelmente não sabem sobre você?

Eu posto muitas coisas nas minhas redes sociais, meus amigos as vezes chegam a cancelar os feeds.

04. Diga uma coisa que você quer fazer antes de morrer.

Conhecer todos os países da América do Sul.

05. Qual comida você não consegue viver sem?

Sushi.

06. Qual frase rege a sua vida?

"Já que sou o jeito é ser." (Clarice Lispector)

07. O que você gosta e não gosta sobre o Youtube?

Clips, vídeos de tutoriais.

08. Qual é a música mais ouvida no Spotify?

Work - Rihanna

09. Como você definiria seu estilo?

Indie, hipster, alterna, fashionista, plus size. Sou muita coisa.

10. Número favorito?

8

11. Dois hobbies?

Escrever e pintar com aquarela.

12. Duas coisas que te irritam?

Intolerância e falta de personalidade.

13. Um prazer culposo?

Justin Bierber.

01 março 2016

Assisti: Fuller House

 Oi!

Depois de 21 anos a Netflix resolveu nos presenciar com um reboot de uma das minhas sitcons favoritas: Três é demais. 


Foram lançados 13 episódios com uma premissa muito parecida com a da série original. O episódio piloto traz a tona a maioria dos antigos personagens com exceção da Michelle já que as irmãs Olsen não toparam participar da releitura.

Na série nova nós temos a DJ Tanner adulta, vivendo as mesmas peripécias de seu pai, Danny, nos anos 80: cuidar de seus três filhos tendo ficado viúva. Com medo de encarar essa sozinha ela acaba recebendo a ajuda de sua irmã Steph Tanner (que se tornou uma renomada D.J que acaba dando uma pausa na carreira para ajudar a irmã) e da maravilhosa e memorável Kimmy (hoje casada - ou quase casada- e mãe).

A ideia do post não é dar spoiler e sim as minhas considerações sobre a série. Pois bem, eu e a Bianca que passou tardes da infância assistindo a versão original de Fuller House no SBT ficamos muito felizes com o resultado.


As referências a versão antiga, as indiretas para as irmãs Olsen e a ideia de atores mirins gêmeos para o papel do bebê foram sacadas geniais. O cometa Jr. Jr e o Cosmo são amorzinhos e os novos personagens também ganharam um espacinho especial no meu coração, principalmente o maravilhoso quase ex-esposo da Kimmy e Max.

Eu senti muita nostalgia com a a temporada, que por sinal já está completa lá na Netflix e que eu assisti em tão pouco tempo que me arrependi. Se vocês assistiam a antiga Fuller House eu recomendo que assistam também a nova e se não assistiam, podem assistir também já que as referências não atrapalham o entendimento. 

Bianca.

29 fevereiro 2016

Tag: de tudo um pouco

Oi gente!

A Bia do blog Vestindo o Tédio me indicou pra essa tag e as regras são:





Responder todas as perguntas; 
Indicar no mínimo 10 blogs com menos de 500 seguidores para responder a TAG; 
Colocar o selo da TAG; 
Colocar o link de quem te indicou; 
Fazer 10 perguntas aos indicados.







1. Você gosta de algum cantor/banda nacional? Se sim, me recomenda uma música!
Gosto de várias. Recomendo a música Cachaça da banda Vanguart.

2. Qual foi o último filme que você viu? Foi bom?
A Teoria de Tudo. Nossa, um filme excepcional. Recomendo!

3. Você tem alguma opinião não popular? (Tipo, gostar de uva passa nas comidas, algo assim…?)
Eu não tenho nada contra uvas passas em comidas salgadas, então sim hahahaha.

4. Tem algum personagem que você se identifica?
O Ted Mosby de How I Met You Mother

5. Já tem em mente qual vai ser seu próximo post depois desse?
Sim, vai ser sobre a série Fuller House.

6. Uma citação de um livro que você gosta
"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieto e agitado: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração... "
(O Pequeno Príncipe)
7. Se você pudesse fazer parte de algum seriado, qual seria?
Eu ia gostar de ser uma socialite em Gossip Girl.

8. O que é seu blog para você?
Um refúgio.

9. Estou postando isso quase na véspera do Oscar, então me diz, você gosta de acompanhar premiações? (Sejam elas de filmes, música, etc.)
Eu costumo ser a maluca das premiações. Alguns dos meus amigos cancelam meus feeds nas redes sociais porque eu comento tudo hahahaha.

10. Você é o tipo de pessoa que usa a mesma senha pra tudo ou você cria uma diferente pra cada conta?
Pode apostar que sim hahahaha.

Tá, vou indicar alguns blogs aqui, mas quem quiser responder fica a vontade depois deixa o link aqui para eu dar uma olhada. 

Blogs indicados: 


  1. Se você pudesse viajar agora para qualquer lugar do mundo para onde seria?
  2. Cite 10 coisas que você gostaria de fazer antes de morrer;
  3. Quais são os seus cinco filmes favoritos?
  4. O que te irrita?
  5. Quais são os três aplicativos que você mais usa?
  6. Qual o motivo do nome do seu Blog?
  7. Andoid ou IOS?
  8. Uma música que te representa;
  9. Você tem animais de estimação? Se sim, qual (quais) o (os) nome (nomes)?
  10. Qual blog te inspira?
Gostei muito de responder essa Tag e espero que vocês gostem também. <3

Bianca.












26 fevereiro 2016

Degustação: Kirin Ichiban


KIRIN ICHIBAN é uma cerveja tradicionalmente Japonesa que no Brasil é produzida pela Brasil Kirin em Itú. Seu estilo é American Lager, o copo ideal é o Pilsner (que não é esse aí onde está servida), a graduação alcoólica de 5% e deve ser servida numa temperatura entre 0º e 4º. Tem um creme espesso de pouca duração. Paguei na garrafa de 355 ml R$; 8,99.

Considerações: assim que depositamos o conteúdo no copo da pra sentir um aroma leve de malte, mas ele some rapidinho. Você consegue sentir o sabor do malte, mas o amargor mesmo só vem no final. Tem uma cor dourada, transparente. É uma cerveja leve, pouco encorpada e com um sabor bastante comum. É ótima para acompanhar um bom sushi.

Bianca.